Exposição “Estética de Boteco” do Hipster Colletivum

Estética de Boteco é um projeto de vivência realizado pelo Hipster Colletivum no boteco Meu Garoto, localizado na Rua Manoel Barata, centro comercial da cidade de Belém do Pará.

Nossa relação com o bar Meu Garoto beira a dependência. Mesmo de passagem, entre a realização de um projeto e outro, depois de uma visita à padaria ou saindo do cinema, em uma comunhão de pensamentos, decidimos ir até o mesmo lugar.

Isto resultou o projeto Estética de Boteco, que são registros desse universo maravilhoso através das lentes sujas de nossas câmeras analógicas. Fotografamos botecos diferentes pela cidade de Belém e Rio de Janeiro. A fotografia não é o personagem central deste projeto, mas o desenvolvimento de novos vínculos através das experiências do coletivo com os lugares, as pessoas e suas histórias.

O Estética de Boteco é uma relação de troca além da busca por um olhar diferenciado a respeito destes locais, muitas vezes banalizados. Pensar o Estética é muito mais que sentar para beber algo, é uma questão de identificação e de aproximação profunda com tudo o que nos cerca. O boteco torna-se uma segunda casa, onde fazemos e encontramos amigos, dividimos nossos conflitos e compartilhamos nossas alegrias.

É uma forma de criação e de diálogo com o ambiente que estamos inseridos.

Anúncios

Listão dos Aprovados na UFPA/2012 – Artes Visuais, Cinema e Museologia

Parabéns aos calouros!

UFPA – PROCESSO SELETIVO 2012 – LISTÃO DE CLASSIFICADOS
CIDADE: BELEM
CURSO.: ARTES VISUAIS (LIC. E BACH.) – VESPERTINO

VAGAS OFERTADAS : 40 + 1 PCD      VAGAS PREENCHIDAS: 40

NOME /INSCRIÇÃO

  • ALEXANDRE LIMA DE MOURA 572014
  • ADRIELE DE CASSIA DA SILVA SOEIRO 564717
  • ALLAN NAZARE DA SILVA GOMES 537259
  • AMANDA CRISTINE MODESTO BARROS 512749
  • ANANDA KIAIA ARAUJO 517955
  • ANDRE LUIZ FARIAS DE SOUZA 587511
  • BENELTON DA COSTA LOBATO 548593
  • BRENO ANDERSON GUERREIRO DE ALBUQUERQUE 509447
  • CARLOS ALBERTO RIBEIRO JUNIOR 578567
  • CRISTOVAM LOBATO DE CASTRO 516788
  • DANIEL CRISTIAN GOMES AMARAL 525160
  • DAVID ISRAEL BATISTA DOS SANTOS 510879
  • FABIO LUZ DA SILVA 554788
  • FLAVIA LEMOS DA SILVA OLIVEIRA 520096
  • FLAVIA RAYZA DOS SANTOS AMORIM 555639
  • FRANCISCO SALES DE MORAES CARDOSO NETO 535306
  • GABRIELA ABBUD DO AMARAL 500235
  • GABRIELLA FIGUEIREDO LOURENCO 506137
  • ISABELLE BARROS DA SILVA 590864
  • JAMILIE SANTOS DE SOUZA 501728
  • KELLYANNE SILVA GAIA 519738
  • LEANDRO LIMA MEDEIROS 530666
  • LEONAN DE LIRA FARO 500425
  • LORECA JAMYLA DE MACEDO FAVACHO 509715
  • LUIS CLAUDIO NUNES PICANCO 548095
  • MARCIA CRISTINA BARILE DA CRUZ 539324
  • MARINA DA CUNHA GOMES 522336
  • MARIO JORGE JARDIM DOS SANTOS 503020
  • MATHEUS ROSSY ARAUJO AGUIAR 531582
  • RAFAEL BRITO GONZAGA 511332
  • RAILIANE DE FATIMA BOTELHO DE ARAUJO 528263
  • RAIMUNDO CALANDRINO BARBOSA JUNIOR 515342
  • REGINA DIANE DE LIMA COELHO 518768
  • RENNAN CARAMEZ DE CASTRO ROSA 565932
  • SAMARA AGUIAR CARDOSO 527879
  • SAMIR MONTALVAO FRAIHA 502238
  • SARA SANTOS DOS SANTOS 554454
  • SILVINO DIAS SANTIS 541564
  • TARCISIO GABRIEL DA CONCEICAO SANTOS 518946
  • WENDEL TAVARES CRUZ 535155

UFPA – PROCESSO SELETIVO 2012 – LISTÃO DE CLASSIFICADOS
CIDADE: BELEM
CURSO.: CINEMA E AUDIOVISUAL (BACH.) – INTEGRAL

VAGAS OFERTADAS : 26 + 1 PCD      VAGAS PREENCHIDAS: 26

NOME /INSCRIÇÃO

  • ARTHUR LEAL ALVES 511688
  • ANA CAROLINA RAMOS DA SILVA 523304
  • CARLOS AUGUSTO PALHETA PINTO 571912
  • CAROLINA FARAT 543379
  • CAUBY ERIC CAVALERO MONTEIRO 565520
  • IRISLANE PEREIRA DE MORAES 589926
  • JAMILE SOARES DE ALCANTARA 550734
  • JOAO LUCIANO LIMA MARTINS 501962
  • KATHERINE PRIMO VALENTE DO COUTO 570001
  • LEANDRO ESTEFERSON DE AVIZ 546007
  • LUCA SOUSA PORPINO DE OLIVEIRA 502770
  • MARCIANE NOVAIS SOUSA 505531
  • MARIA JOSIANE DA SILVA 500801
  • MAYNARA DOS SANTOS PACHECO 516496
  • MICHAEL DE MELO BARRA 506149
  • PAULO EVANDER DOS SANTOS CASTRO 512319
  • PEDRO OLIVEIRA E SILVA SAMPAIO 556393
  • RAFAEL BRUNO SILVA E SILVA 551984
  • RAFAELLA PIMENTEL CANDIDO 542329
  • RAYLA FERNANDES FREIRES 501562
  • RAYSSA PONTES MORAES 592129
  • SILAS SEABRA DE SOUSA 541988
  • SUELEN CRISTINA NINO FERNANDES 571358
  • TAINA HAMA MOKDCI NASCIMENTO ANDRADE 501770
  • TAMIRES DUARTE CECIM DE SOUZA 556436
  • WESCLEY PATRICK MAGALHAES DE AZEVEDO 523382

UFPA – PROCESSO SELETIVO 2012 – LISTÃO DE CLASSIFICADOS
CIDADE: BELEM
CURSO.: MUSEOLOGIA (BACH.) – MATUTINO

VAGAS OFERTADAS : 30 + 1 PCD      VAGAS PREENCHIDAS: 30

NOME INSCRIÇÃO

  • ANA KEYLA SANTOS PARAGUASSU 529408
  • ALINE DE NAZARETH SIMAO MAMEDE 549680
  • ANNA CAROLINA DE SOUZA NERY 539241
  • BIANCA CRISTINA RIBEIRO VICENTE 566396
  • BIANCA GUIMARAES DE AZEVEDO DE ARAUJO 566454
  • BRUNA CAROLINE CASTOR DA SILVA 550618
  • CARLENA ANJOS SOUSA 587307
  • CLARISSA VILLAR CAMPOS DO CARMO 550864
  • DAVID LEANDRO ROLDAO 515535
  • ELIZANDRA HELEN DA MATA NUNES 531710
  • ERICO FREDERICO OLIVEIRA DOS SANTOS 560635
  • FLAVIA SUANNY SANTANA DE SOUZA 530669
  • GLADIS BRITO RODRIGUES 556736
  • IVE LIVIA DE SOUSA AZEVEDO 507766
  • KARLA PRISCILA RIBEIRO BRIOSO 584585
  • KEILA CRISTINA MAGALHAES DE SOUZA 556575
  • LUANA FERNANDES RODRIGUES 540735
  • LUCINEIDE FERREIRA DO ROSARIO 594966
  • LUIS ALBERTO FREIRE DOS SANTOS FILHO 518942
  • LUIS RODOLFO DA SILVA MOURA 591571
  • MARCIA DA SILVA E SILVA 584375
  • MARCIO MESQUITA DE LIMA 551337
  • MARINALDO SILVA DE CARVALHO 505970
  • PAULA DANIELA ALVES DUARTE 531556
  • REGIANE DE OLIVEIRA FERREIRA 545978
  • SANDRA VALERIA CHUCRE DA SILVA 560476
  • SARAH ASSUNCAO RODRIGUES 586636
  • TAYNARA SOARES DO NASCIMENTO SALES 517005
  • THAYLENA CRISTINA DE FARIAS 529511
  • VANESSA MALHEIRO MORAIS 570260

Conversas e Contrapontos no Museu da Casa das Onze Janelas – Acervo Jorge Alex Athias


Conversas e Contrapontos no Museu da Casa das Onze Janelas

 

Por Carolina Klautau (Secult)

         Nesta terça-feira, 20 de dezembro, acontece a abertura da exposição “Conversas e Contrapontos”, no Museu da Casa das Onze Janelas. A mostra está inserida no projeto EntreConversas, que busca promover interação entre as obras de arte de um colecionador (ou de instituições), do acervo da Casa das Onze Janelas e o público. A primeira coleção a ser exposta é a do advogado Jorge Alex Athias.

         De acordo com a diretora do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, Marisa Mokarzel, a coleção do advogado Jorge Alex Athias foi escolhida para abrir o projeto EntreConversas porque promove diálogo com o acervo do espaço e por se tratar de alguém que tem fascínio pela arte. “Prevalece em seu acervo obras contemporâneas que foram adquiridas com o cuidado e a paixão de quem gosta e conhece arte. Nesta exposição pode-se refletir questões referente a acervos, colecionadores e arte contemporânea no contexto da delicadeza, da dor e da indignação”, revela.

Detalhe da obra de Marinaldo Santos.

       Com o projeto EntreConversas os visitantes do museu podem entrar em contato com obras que antes ficavam restritas a um espaço privado e descobrir novos horizontes da arte contemporânea brasileira. Na exposição é possível encontrar vários suportes da arte contemporânea, como objetos, pinturas, fotografia e gravuras. No acervo de Jorge Alex Athias, por exemplo, o público poderá conhecer melhor as obras de Vera Chaves Barcellos, que tem grande importância na arte brasileira, mas que ainda foi pouco exposta.

         Além da obra de artistas de outras regiões do Brasil, a exposição “Conversas e Contrapontos” também divulga a produção de artistas paraenses.

A abertura da exposição tem início ás 19h, na Sala Valdir Sarubbi, no Espaço Cultural Casa das Onze Janelas. A mostra fica aberta ao público até o dia 4 de março de 2012. As visitações podem ser feitas de terça a sexta-feira, de 10h às 18h e nos fins de semana e feriados, das 10h às 14h.

Arte Pará 2011 – Inscrições Abertas

Estão abertas até  o dia 30 de agosto de 2011 as inscrições de obras de artistas locais, nacionais e estrangeiros residentes no Brasil para o Arte Pará 2011.

Clique na logo e vá para a página a inscrições.

Abaixo o regulamento retirado do site da Fundação Romulo Maiorana, organizadora do evento:

Regulamento – Mostra competitiva

1. Denominação e Finalidade

1.1. A Fundação Romulo Maiorana, uma instituição privada, sem fins lucrativos, integrante das Organizações Romulo Maiorana, promove anualmente o Arte Pará, iniciativa que visa a reunir tendências observadas no campo das artes visuais, bem como a discutir questões estéticas contemporâneas, possibilitando intercâmbio entre regiões e artistas brasileiros. O Arte Pará também se constitui num processo que se integra à educação pública da Região Metropolitana de Belém e dos municípios vizinhos.

2. Inscrição

2.1. A inscrição será no período de primeiro 01 de julho à 30 trinta de agosto de 2011 (DATA DE RECEBIMENTO DA INSCRIÇÃO), não responsabilizando-se a Fundação Romulo Maiorana por qualquer atraso havido na entrega dos dossiês. É gratuita e aberta a artistas brasileiros e estrangeiros legalmente residentes no país.

2.2. A inscrição será feita em ficha própria ou fotocópia, acompanhada do dossiê do artista. É imprescindível o completo preenchimento da mesma datilografada ou em letra de forma. Só serão aceitas fichas de inscrição assinadas pelo próprio artista ou por procuração.

2.3. O dossiê, com formato máximo de 21×33 cm (tamanho oficio), deverá conter currículo resumido, fotos (recomendamos formato 20×25 cm), imagens impressas ou fotocópias de três trabalhos ou projetos/maquetes eletrônicas a serem apresentados. As imagens dos trabalhos e projetos deverão ser enviadas em arquivo digital e impresso, contendo neste caso o nome do artista, dimensões da obra, título, material utilizado e ano de execução no verso. Para inscrições na categoria instalação, vídeo ou performance serão aceitos DVDs. Não serão aceitos slides.

2.4.O artista deverá mandar com as obras inscritas, fotos dos trabalhos em boa resolução e legendas para serem utilizadas no catálogo do Arte Pará 2011 – 30 Anos.

2.5. O material de inscrição dos artistas não selecionados só será devolvido pelo correio se vier acompanhado de envelope selado com valor suficiente para a devolução.

2.6. Só será aceita inscrição de obras inéditas.

2.7. Cada artista terá direito a uma inscrição individual, podendo, ainda, participar em projeto coletivo.

2.8. Para trabalhos realizados em grupo, um representante assinará a ficha de inscrição, no entanto, os nomes dos demais integrantes devem constar em anexo.

2.9. Deverão ser inscritos obrigatoriamente três trabalhos, cabendo as comissões de Seleção e Premiação determinar quais deverão participar da mostra. Dípticos, trípticos e polípticos são considerados obras únicas. Em proposições nas categorias : Ação Urbana, Instalação e Vídeo serão aceitos até dois trabalhos, sendo selecionados apenas um.

2.10. Artistas que inscreverem Ações Urbanas , instalação ou obras que só serão montadas para a abertura, deverão anexar ao dossiê os projetos e ou maquetes eletrônicas das mesmas. Estes poderão ser utilizados, também, para reprodução no catálogo em caso de seleção.

2.11. O artista disporá das seguintes medidas máximas para a apresentação dos trabalhos:

Obras Bidimensionais – 4,20m (quatro metros e vinte centímetros) de largura e 2,00m (dois metros) de altura para as três obras.

Obras Tridimensionais por 2,20m (dois metros e vinte centímetros) de altura de cada peça.

Instalações – 6m (seis metros quadrados) de área, com 2,20m (dois e vinte centímetros) de altura cada instalação.

Instalação de Parede – 3,00m (três metros) de largura, por 2,00m (dois metros) de altura. Obras que excedem essas especificações não serão aceitas.

2.12. Vídeos e filmes e/ou DVD, unicamente para trabalhos inscritos na linguagem audiovisual deverão ter no máximo 05 (cinco) minutos de duração e devem ser gravados em Looping. Caso selecionado, o artista enviará obrigatoriamente duas (02) cópias do trabalho para apresentação, assim como arquivo de imagens do vídeo para serem empregados em material impresso. O mesmo também deverá indicar o número de cópias (tiragem) de sua obra em vídeo ou cinema. Neste caso o artista deverá, EXCLUSIVAMENTE, enviar o seu arquivo pelo correio para Fundação Romulo Maiorana – Av. Romulo Maiorana, 2473 – Bairro do Marco – Belém – Pará CEP 66093-055.

2.13. A inscrição de projetos de Arte Digital deverá utilizar vídeos conforme a descrição no item anterior em DVD. Qualquer consulta à respeito desse tipo de proposta deverá ser encaminhada a Fundação Romulo Maiorana até duas (02) semanas antes do término do prazo de inscrição pelo endereço eletrônico: artepara@oliberal.com.br

2.14. Em todos os casos de proposta de caráter especial de obra envolvendo o uso de equipamentos eletrônicos, os mesmos deverão ser fornecidos pelo próprio artista.

2.15. Não serão aceitas obras realizadas com materiais perecíveis ou adulteráveis, que prejudiquem a apresentação de outros trabalhos ou comprometam a integridade física do local, das instituições, dos funcionários envolvidos no Arte Pará e do público em geral. Recomendamos a não utilização de foamboard, como material de montagem, em função das características climáticas da região e de sua fragilidade, sugerindo a substituição por PVC ou outro suporte de melhor resistência, as obras em papel, gravura e desenho deverão vir com suporte apropriado para sua apresentação. A Fundação Romulo Maiorana não se responsabilizará por danos provenientes da utilização do referido material.

2.16. As inscrições deverão ser entregues diretamente na Fundação Romulo Maiorana – Av. Romulo Maiorana, 2473 – Bairro do Marco – Belém – Pará CEP 66093-055 ou remetidas pelo correio. Só serão aceitas inscrições POSTADAS até o dia 25 de agosto de 2011.

2.15. É vetado aos membros de Seleção e Premiação a inscrição no Arte Pará.

2.16. A Comissão Organizadora do Arte Pará rejeitará inscrições que não estejam de acordo com os termos e condições deste regulamento.

2.17. O ato da inscrição implica na automática em plena concordância com as normas deste regulamento.

Inscrição via web

2.18. As inscrições via web poderão ser realizadas pelo site da Fundação Romulo Maiorana(http://www.frmaiorana.org.br) no link “INSCRIÇÃO ARTE PARÁ 2011” .

2.19. A inscrição via web irão até às 23:59h do dia 30 de agosto de 2011.

2.20. Os artistas que optarem por se inscrever via site deverão preencher integralmente toda a ficha de cadastro, caso contrário sua inscrição será invalidada. Concluído o preenchimento do formulário, o artista deverá aguardar o email de confirmação da inscrição com o seu número de inscrição para validar a mesma.

2.21. Caso haja alguma dúvida técnica que tange ao envio da inscrição online, o artista poderá enviar o email para: arteparaweb@oliberal.com.br

2.22. O artista poderá ainda, enviar os materiais via internet que devem ser anexados no momento da inscrição via web.

2.23. Tipos de arquivos permitidos para internet:

· Imagem: BMP, JPG, JPEG, PNG,GIF

· Texto: PDF, DOC, DOCX, ODT, TXT

2.24. A somatória dos 3(três) arquivos não poderá passar o limite de 10 Mb; caso isso ocorra a inscrição do artista será invalidada.

3. Seleção

3.1. A seleção e premiação dos trabalhos será realizada em etapa única por uma Comissão composta por, no mínimo, 05 (cinco) membros, nos dias 09 e 10 de setembro de 2011, quando será lavrada a ata da sessão, onde estarão fundamentados os critérios adotados.

3.2 A seleção será feita através de dossiês em que constem: documentação fotográfica, fotocópia, memoriais de projetos, maquetes CDS e DVDs. A Comissão de Seleção poderá eliminar as propostas que não apresentarem suficiente clareza do projeto, ou que se apresentem inexeqüíveis. Salvo nos casos em que a Comissão de Seleção julgar desnecessário, o artista deve estar presente por sua conta para realizar a montagem da obra para o Arte Pará.

3.3 Em sua versão 2011, o júri do Arte Pará selecionará 30 (trinta) artistas de todo o Brasil. A equipe curatorial convidará a seu critério, outros artistas para participarem do Arte Pará.

3.4. O resultado da seleção será publicado no Jornal O Liberal do dia 11 de setembro de 2011. Todos os artistas selecionados serão comunicados nos primeiros dias úteis após a seleção. Os demais serão avisados do resultado por correspondência ou através do site http://www.frmaiorana.org.br. No caso de desistência ou da não localização de um selecionado no prazo de 10 (dez) dias, a Coordenação e a Comissão de Seleção examinarão a hipótese de cancelar a participação do artista.

3.5 O material de inscrição dos artistas selecionados não será devolvido. Os não selecionados serão devolvidos pelos Correios, desde que contenha em anexo envelope e selo para posterior devolução. Fotocópias e catálogos não serão devolvidos. Os dossiês de artistas locais não selecionados deverão ser retirados no prazo de no máximo 15 (quinze) dias, 12 a 26 setembro de 2011, na Fundação Romulo Maiorana – Av.Romulo Maiorana, 2473 – Bairro do Marco – Belém – Pará CEP 66093-055.

3.6. Somente serão expostas as obras selecionadas, não sendo permitidas substituições ou modificações das mesmas após a seleção.

4. Transporte

4.1. Os artistas selecionados, não residentes em Belém, deverão enviar suas obras por conta própria, acompanhadas de nota fiscal avulsa (fornecida pela Secretaria da Fazenda de cada Estado) à Fundação Romulo Maiorana; que será encarregada da devolução das obras aos artistas selecionados. Só serão aceita, obras com a referida Nota Fiscal.

4.2. A devolução das obras dos artistas selecionados no Arte Pará, não residentes em Belém será de responsabilidade da Fundação Romulo Maiorana, por transporte aéreo ou terrestre. Caso o artista tenha uma transportadora de sua preferência deverá informar a secretaria do Salão e contactar a empresa para retirar os trabalhos na Fundação Romulo Maiorana até 06 de janeiro de 2012 após o encerramento do Arte Pará 2011.

4.3. Recomendamos que as obras selecionadas sejam acondicionadas em embalagens resistentes (caixa de madeira, tubo de pvc, ou similares), se necessário, com instruções para reembalagens anexadas, já que sua devolução será feita com as mesmas embalagens.

4.4. A Fundação Romulo Maiorana assim como os espaços escolhidos para a exposição Arte Pará 2011 – 30 Anos oferecerão condições adequadas para a Mostra; entretanto é aconselhável que o artista faça seguro das obras selecionadas, uma vez que a instituição organizadora está isenta de qualquer responsabilidade em caso de eventuais sinistros, inclusive danos às obras.

4.5. O transporte, embalagem e seguro das obras dos artistas convidados. Serão tratados individualmente com cada um deles.

5. Montagem

5.1. Caberá exclusivamente a comissão organizadora o conceito curatorial e a montagem do Arte Pará, bem como por utilizar a totalidade ou não das obras selecionadas por artista.

5.2. As obras selecionadas serão montadas pela equipe da FRM, exclusivamente nas Salas do Arte Pará.

I – Equipamento e materiais especiais, necessários à apresentação da obra serão fornecidos pelo artista, sendo de sua total responsabilidade a operacionalização e manutenção.

II – Trabalhos selecionados que exijam salas ou montagens especiais só serão exibidos de acordo com a disponibilidade técnica do Arte Pará.

III – Obras que eventualmente tenham sido danificadas durante o transporte para o Arte Pará 2011 – 30 Anos, só serão expostas se houver tempo hábil para o restauro, e se a devida cobertura das despesas for efetuada pelo responsável.

5.3. O artista selecionado na categoria instalação deverá realizar e acompanhar a montagem no local determinado pela comissão organizadora em data a ser comunicada posteriormente.

5.4. O artista selecionado com Ação Urbana e performance deverá se responsabilizar por quaisquer questões legais e operacionais de seu projeto.

5.5. O artista selecionado com performance deverá agendar, junto com a comissão organizadora, data e local desta ação.

6. Premiação

6.1. A premiação será realizada por uma comissão composta por no mínimo 5 (cinco) membros nos dias 09 e 10 de setembro de 2011, quando será lavrada a ata da sessão onde estarão fundamentados os critérios adotados.

6.2. O Arte Pará 2011 – 30 Anos conferirá prêmios no valor líquido total de R$ 60.000,00 (Sessenta Mil Reais), distribuídos da seguinte forma: R$ 15.000,00 (Quinze Mil Reais) – Em Prêmio Aquisição

6.3. A Comissão de seleção do Arte Pará 2011- 30 anos selecionará 30 (trinta) artistas, devendo cada selecionado receber um prêmio no valor de R$ 1.500,00 (Hum mil e quinhentos Reais). Verba esta destinada para a produção de trabalho e ou despesas decorrentes da participação.

6.4. Os artistas premiados receberão os valores em agência bancária, onde sejam titulares de conta corrente ou conjunta , com os devidos impostos recolhidos. Não será aceita conta poupança. O pagamento ocorrerá na data do encerramento do Arte Pará. Solicita-se aos premiados em Ação Urbana o encaminhamento de imagens fotográficas e do projeto para projeção na data da premiação.

6.5. O conjunto de obra premiada será integralmente incorporado ao acervo da Fundação Romulo Maiorana com todo o equipamento e material que a compuserem, exceto equipamentos eletrônicos de projeção.

6.6. Somente os artistas inscritos farão jus aos prêmios.

6.7. A Fundação Romulo Maiorana fica a porcentagem de 30% (trinta) na venda das obras expostas no Arte Pará 2011 – 30 Anos.

7. Disposições Gerais

7.1 As obras não poderão ser alteradas ou retiradas antes do encerramento do Arte Pará.

7.2 Ao participar do processo seletivo o candidato automaticamente concorda com as normas estabelecidas neste edital e autoriza a Fundação Romulo Maiorana a expor os trabalhos recebidos, reproduzi-los em catálogo, mídia impressa e ou eletrônica bem como na divulgação do evento. Os selecionados cedem o direito de uso do nome e das imagens na divulgação e publicação do conteúdo da mostra, de qualquer forma impressa ou televisiva. A autorização para publicação do(s) projeto(s) inscritos é de responsabilidade do autor da inscrição, isentando a Fundação de qualquer ônus relativo à violação de direitos autorais de terceiros.

7.3 O artista selecionado deverá participar da Ação de Desenvolvimento Cultural e Educativa que envolve conversa com os mediadores sobre a obra exposta no Arte Pará e conversa com o público previamente agendada.

7.4 As Comissões de Seleção e Premiação atuarão, desde a sua formação até que sejam lavradas e assinadas as respectivas atas, quando serão automaticamente extintas.

7.5 As decisões das Comissões de Seleção serão irretratáveis e irrecorríveis.

7.6 Ficará a cargo da Comissão organizadora qualquer deliberação posterior à extinção, de seleção e premiação.

7.7. Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

7.8. Após o término da exposição, os trabalhos deverão ser retirados à partir de 01 de dezembro, caso não haja prorrogação, mediante a apresentação de recibo, fornecido no ato da inscrição. As obras que não forem retiradas dentro do prazo de 50 dias passam a ser propriedade da Fundação Romulo Maiorana.

8.Cronograma:

Inscrição de artistas locais:

01 /07 à 30/08/2011

Seleção e Premiação:

09 e 10/09/2011

Comunicado Seleção:

11/09/2011

Abertura da Mostra:

06/10/2011

Encerramento:

06/12/2011

“Symbiosis” roda o Estado de São Paulo



Após surpreender durante a Virada Cultural na capital paulista, trabalho da artista Roberta Carvalho volta ao Estado em mostra itinerante


Formas e expressões humanas se confundem com o verde escuro das folhagens das árvores. Este é o resultado do trabalho “Symbiosis” da artista Roberta Carvalho, que, ao que tudo indica, começa a extrapolar as fronteiras geográficas. Após o sucesso da obra na Virada Cultural da capital paulista em abril, ela volta a apresentá-lo em São Paulo, agora por meio do Circuito SESC de Artes. Entre os dias 1 e 19 de junho, o projeto irá percorrer 16 municípios do Estado, fazendo com que novamente uma paraense esteja no centro das atenções no maior pólo cultural do país.


O projeto “Symbiosis” se apropria da projeção para, com poesia, instigar a reflexão sobre a antagônica relação do homem com a natureza. E a idéia de Roberta está rendendo bons frutos, como a aprovação do trabalho no edital Micro Projetos Amazônia Legal do Minc e algumas premiações. Trata-se de uma trajetória que vem sendo trilhada há um bom tempo, prova disso é a 2ª colocação no Arte Pará 2005, resultado do trabalho “Minutos de Silêncio”, uma vídeo-instalação feito em parceria com Keyla Sobral e a premiação com uma bolsa de pesquisa e criação artística do IAP, em 2006,com o projeto “Indústria da Saudade”. “Essa coisa do vídeo sempre esteve presente no meu trabalho. Em várias propostas artísticas eu busquei experimentar com a imagem em movimento. Eram caminhos que já me levavam para o ‘Symbiosis’”, diz.


As atenções do público começaram a se voltar para o “Symbiosis” após a participação de Roberta no Festival Vivo Art.Mov Belém, em setembro de 2010, e na programação do aniversário de Belém, em janeiro deste ano. A partir dali, premiações e elogios a fizeram ser convidada para participar da Virada Cultura de São Paulo, uma das programações artístico-culturais mais importantes do país. “O convite para ir para São Paulo pintou após participar de importantes eventos em Belém. Projetar na Virada Cultural foi uma experiência incrível. Lá, apresentei meu trabalho para milhares de pessoas por um tempo expressivo, de 19 às 5 h da madrugada”, conta Roberta, que já expôs na capital paulista há 3 anos, na mostra coletiva da Fotoativa denominada “Cartografias Contemporâneas – Fotoativa Pará”.


Agora, o desafio é outro. Roberta irá fazer um intensivo de projeções do “Symbiosis” passando por 16 cidades do Estado pela programação do Circuito SESC de Artes – que contará com a participação de artistas dos mais diversos segmentos. “Acho que será um momento muito interessante do projeto em que terei que ter muita versatilidade nas ações. São 16 cidades consecutivas, com poucos intervalos”. E para evitar uma repetição cansativa, Roberta, claro, aposta na experimentação. “Irei propor uma estética relacional em que filmarei pessoas dessas cidades nas quais passarei e elas farão parte da obra, sendo as imagens a serem projetadas. A ideia é levar a experimentação ao ápice incorporando novas possibilidades ao trabalho”. O trabalho de Roberta passará por praças de cidades como Mogi das Cruzes, Cruzeiro e Campos do Jordão, entre outras.


E assim, Roberta acredita estar comprometida com aquilo que ela considera primordial nas artes, a provocação. “Eu sempre procuro surpreender a todos e a mim mesma. Acho que a arte é matéria para a vida e o ‘Symbiosis’ se propõe a falar e fazer sentir isto. Minha proposta é provocar a participação das pessoas, seja com um sorriso, com um pensamento ou um susto”. Para conhecer mais o trabalho da artista acesse http://robertacarvalho.carbonmade.com

Serviço: “Symbiosis”, de Roberta Carvalho, em São Paulo pelo Circuito SESC de Artes – 1 a 19 de junho.Informações:http://circuitosescdeartes.com.br/2011/

Programação // Seminário Narrativas Discentes: Conexões em Arte: de 17 a 20 de Maio

17/05/2011

Horário

ATIVIDADE

14 h às 16 h 30

CREDENCIAMENTO

16h 30 às 17 h

MESA DE ABERTURA

17 h às

19 h

CONFERÊNCIA DE ABERTURA

Tema: Artista pesquisador: um transbordo da Ciência?

Conferencista: Profª. Drª. Rosangella Leote (UNESP/SP)

Local: Auditório do SESC Boulevard

19 h

Abertura da Mostra de Artes Visuais

Local: Associação Fotoativa

18/05/2011

Horário

ATIVIDADE

08h às 10h

MESA-REDONDA

Local: Auditório SESC Boulevard

Tema: O Ensino de Arte em Espaços de Educação Não Formal

Ministrantes: Profª. Ms. Ana Del Tabor Vasconcelos Magalhães

Profª. Ms. Janice Shirley Lima

10h àss 12h

COMUNICAÇÕES ORAIS

Auditório SESC Boulevard

Hall SESC Boulevard

14h às 16h

PALESTRA

Local: Auditório SESC Boulevard

Tema: A desmontagem do ser humano e as técnicas do romance moderno no cinema: o duplo em Cisne negro, de Darren Aronofsky

Ministrante: Prof. Dr. Fernando de Moraes Gebra

16h às 17h 30

PALESTRA

Local: Hall SESC Boulevard

Tema: Uma vivência musical, sons e sensações, a arte de ouvir

Ministrante: Waldnei Machado

Paulinho Assunção

17h 30

APRESENTAÇÃO MUSICAL

Local: Hall SESC Boulevard

Quinteto de Metais OMS

18h

MOSTRAS DE ARTES CÊNICAS

Local: Auditório SESC Boulevard

Ave! (Luiz Thomaz Sarmento Conceição)

POS – Programa Onomatopéico de Sentenças

19h

JAMCINE

Local: Cinema Olympia

19/05/2011

Horário

ATIVIDADE

08h às 10h

MESA-REDONDA

Local: Auditório SESC Boulevard

Tema: Narrativas e representações do corpo em vídeo.

Ministrantes: Profª. Drª. Ana Flávia Mello Mendes

Profº. Dr. Orlando Franco Maneschy

Armando Queiroz

10h às 12h

COMUNICAÇÕES ORAIS

Auditório SESC Boulevard

Hall SESC Boulevard

14h às 16h

COMUNICAÇÕES ORAIS

Auditório SESC Boulevard

Hall SESC Boulevard

16h às 18h

MOSTRA DE AUDIOVISUAL

Local: Auditório SESC Boulevard

18h

MOSTRAS ARTES CÊNICAS

Local: Auditório SESC Boulevard

A Ver – Christian Perrotta, Luiz Thomaz Sarmento  e Luiza Monteiro

Som-os de lá, som-os de cá – Luiza Monteiro e Nelly Brito

19h

JAMCINE

Local: Cinema Olympia

20/05/2011

Horário

ATIVIDADE

08h às 10h

PALESTRA

Local: Auditório SESC Boulevard

Tema: Crítica de Arte Contemporânea no Pará

Ministrante:  Prof.  Dr. Luizan Pinheiro da Costa

10h às 12h

COMUNICAÇÕES ORAIS

Auditório do SESC Boulevard

Hall SESC Boulevard

14h às 18h

MINI-OFICINAS

Local: Atelier de Artes da UFPA

16h às 18h

MOSTRA DE ARTES CÊNICAS

Local: Laboratório de Fotografia (Atelier de Artes da UFPA)

Revelar-se (Jardel Augusto Lemos – UFRJ)

18h

ENCERRAMENTO

Local: Universidade Federal do Pará

Improvideo (Lucas Gouvêa) – Capela Ecumênica

Metamorfose (Companhia de Circo Nós Tantos) – Vadião

Carimbó de Icoaraci – Vadião

II Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia – Tablóide

Ficha Técnica
Jader Barbalho Filho
diretor presidente do diário do pará
Camilo Centeno
diretor geral da rba
Francisco Melo
diretor financeiro
RBA – Marketing
Daniella Barion
gerente de marketing
Cleide Monteiro
coordenadora de marketing
Goretti Coutinho
analista de eventos


Projeto Prêmio Diário Contemporâneo De Fotografia
Mariano Klautau Filho

supervisão e curadoria geral

Lana Machado

coordenadora de produção
Irene Almeida · Regina Fonseca

produção
Joyce Nabiça · Rosinete Moraes

assistentes de produção
Andrea Kellermann

designer gráfico
Amanda Aguiar · Dominik Giusti

assessoria de imprensa

textos e entrevistas

Museu da Universidade Federal do Pará
Jussara da Silveira Derenji
diretora
Nilma das Graças Brasil de Oliveira
coordenadoria cultural
Norma Sueli Monte de Assis
coordenadoria administrativa
Raimundo Augusto Vianna
coordenadoria de acervo e documentacao

Manoel Lima Pacheco
técnico de montagem
Paulo Souza
coordenador ação sócio-educativa

Toky Popytek Coelho
bolsista/ufpa-monitoria e ação educativa

Tablóide

Amanda Aguiar e Dominik Giusti
textos
Amanda Aguiar
edição
Andrea Kellermann
design

5º Narrativas PLUG – Trânsitos (In)Visíveis: Diálogos Culturais na Arte Contemporânea Paraense

Palestra: Trânsitos (In)Visíveis: Diálogos Culturais na Arte Contemporânea Paraense
JOHN FLECTHER

A palestra visa traçar uma reflexão crítico e teórica em torno de obras de arte contemporâneas expostas em salões e exposições na cidade de Belém, Pará. Tal cartografia visual possibilitará um viés de compreensão acerca do papel de indício antropológico que a arte possui num mundo fluido, híbrido e interconectado. Nesse sentido, a discussão será amparada pelo conceito de Dialogismo, proposto por Mikhail Bakhtin e seu círculo de pesquisa, de forma que o respectivo conceito será atualizado por operações intertextuais e intersemióticas. As operações mencionadas, em uma relação filosófico-conceitual, se proporão em servir de rota para se compreender os processos culturais das sociedades contemporâneas. Associa-se à discussão o papel que esses processos de culturalidade trazem como desdobramentos nas sociedades da América Latina, não mais empreendendo uma trajetória uniforme e contínua, mas uma teia rizomática de apropriações, lealdades transitórias e visualidades.
Data: 03/05/2011 (Terça Feira)
Horário: 19 h
Local: Espaço Benedito Nunes (Saraiva Megastore – Boulevard Shopping)
ENTRADA FRANCA

Declaração de participação ao fim da palestra. Carga Horária: 2h

Seminário Narrativas Discentes: Conexões em Arte

Seminário Narrativas Discentes: Conexões em Arte objetiva promover a interação científico-cultural entre discentes de graduação das instituições de ensino superior da cidade de Belém, a partir de produções acadêmicas que estabeleçam um diálogo com as diversas linguagens do território de produção artística.

O Seminário Narrativas Discentes, proposto pelo Centro Acadêmico de Artes Visuais (CAAV), contemplado com o Prêmio PROEX de Arte e Cultura 2010, articula-se enquanto espaço de educação não-formal tendo em vista uma interação estético-científica entre as diversas linguagens artísticas, bem como entre os produtores de arte que caminham neste território. Encaminharemos a realização de Conferência, mesas-redondas, comunicações, mostras artísticas e mini-oficinas, de modo a criar um ambiente de aproximação entre à pesquisa discente do Instituto de Ciências da Arte da Universidade Federal do Pará e de outras instituições de ensino superior da cidade em cursos de graduação que se posicionem criticamente frente à jovem produção de arte na cidade.

>>Baixe o Edital Clicando AQUI<<

Baixe sua Ficha de Inscrição segundo a categoria em que deseja participar:

Fonte: http://narrativasdiscentes.blogspot.com/

No Facebook e Twitter.

Site da fotógrafa Elza Lima: arte, design e funcionalidade

Elza Lima é uma grande fotógrafa, isso todos sabem, e ganhou recentemente talvez o maior prêmio fotográfico do país, o Marc Ferrez da Funarte. O que certamente ainda não viram foi o perfeito site que a artista publicou na web, um primor de funcionalidade, design, enfím, perfeito. Criado por Vitor Lima, que também é um grande artista e agora cineasta premiado, o site rompe a fronteira do “cartão de visita virtual” e da “blogspotilização”. É só clicar na imagem abaixo e conhecer esse grande trabalho da Elza Lima.

Memória das Exposições da Galeria Theodoro Braga no Facebook

É só clicar na imagem abaixo e conhecer essa interessante iniciativa da equipe da GTB, um exemplo de compartilhamento de memória institucional. Seria bom se todos od museus e espaços culturais fizessem o mesmo, ótimo para pesquisadores e estudantes, e facilitaria em muito para as divulgações e para o portfólio dos artistas. Gostei.

Blog da Lúcia Gomes

Pensem num blog que é pura experimentação artística, esse é o fragmento do ciberespaço no blogspot da artista paraense Lúcia Gomes. A inquietude da artista é puro delírio visual, sem nenhuma programação web, sem design arrojado, onde tudo é arte na essência mais primitiva do termo. Uma janela pra dentro do universo íntimo da autora, que considero a mais coerente e engajada da atualidade. Visita obrigatória.

Acesse aqui Blog Lúcia Gomes.

Algumas imagens de trabalhos recentes da artista postados no blog.

PING PING

Geborgen im Aquarium (Lucia Gomes 2011) IGARAP

 

“Miguel Chikaoka e a fotografia como prática educativa transformadora” por José Viana – Café Literário da Fotoativa

Exposição “Entre Páginas” – Museu da UFPA

Exposição “Entre Páginas” – gravuras de Ademir Martins, Carlos Scliar, Caribé, Darel, Di Cavalcanti, Glauco Rodrigues, Iberê Camargo, Perci Deane, Poty, digitalizadas de livros de Graciliano Ramos e Jorge Amado que são do acervo da Biblioteca do Museu da UFPA.

Exposição “Maria do Grão: Imaginário de uma cidade” Galeria Theodoro Braga – Centur

Exposição Maria do Grão – Imaginário de uma Cidade, na Galeria Theodoro Braga, em comemoração aos 395 anos de Belém, com obras do acervo. Visitação de segunda a sexta, das 9h às 18h.

Fonte: Facebook Renato Torres

Site do artista Armando Sobral

Visitem armandosobral.wordpress.com e conheçam a obra deste artista plástico, curador e pesquisador da arte.  Um canal de comunicação do artista com a sociecidade é sempre importante pra desmistificar e multiplicar o fazer artístico. Armando já formou uma geração de gravuristas em Belém e tem projetos importantes também de formação de jovens em múltiplas linguagens através do IAP onde é Gerente de Artes Visuais.