Blanchot em exposição e conversações

blanchot 1

Exposição coletiva “Solidão Essencial, Solidão no Mundo – Diálogos com Maurice Blanchot”. A abertura da exposição na galeria acontece hoje, às 19h, com entrada franca. A visitação segue até o dia 7 de março de segunda à sexta das 8h30 às 19h e aos sábados das 8h30 às 12h.  Mais informações 3202-4313.

“O LIVRO DO PORVIR”, de Maurice Blanchot

blanchot 2

Anúncios

Exposições selecionadas no Edital Galeria Theodoro Braga 2013

gs

Gravura de Glauce Santos.

Glauce Santos, Jeyson Martins, Luiz dos Anjos, Elieni Tenório e Walda Marques foram os artistas selecionados pelo edital de pautas de 2013 da Galeria Theodoro Braga da Fundação Tancredo Neves.

As inscrições foram destinadas a exposições da área de artes visuais de artistas residentes no Pará e artistas paraenses em atividade em outros estados, que desenvolveram há mais de dois anos trabalhos na área.

A seleção dos projetos foi feita pela Comissão de Seleção composta pela Diretora de Interação Cultural Lucinnha Bastos, pela Gerente da Galeria Theodoro Braga Eliane Moura, pela Gerente de Linguagem Visual Fatinha Silva, pelo Diretor do Museu da Imagem e do Som Armando Queiroz e pela curadora independente Keyla Sobral.

A artista Elieni Tenório trará experimentações de fotografia e hibridismo com o tema “Volúpia”, que retratará a sensualidade da mulher. Glauce Santos apresentará uma série de gravuras como resultado da pesquisa desenvolvida por ela em 2011 no Marajó, são diversos retratos das pessoas do local em uma exposição intitulada “Meu diário de imagens marajoaras”.

Já Luiz dos Anjos com a exposição “Cotidiano Naif” fará uma leitura do cotidiano paraense através de pinturas em sombrinhas, mostrando a relação da chuva com o homem. “As sete mulheres e as incríveis histórias de seus cabelos” é o nome da exposição de Walda Marques, que reunirá uma série de fotografias envolvendo o mundo feminino.

Jeyson Martins com a exposição “Olhar Urbano” fará sua primeira exposição, que será uma junção da fotografia com grafite e vídeo. Uma curiosidade do artista são os pinholes feitos dentro de latas de grafite.

“É muito bom ter de volta o edital, porque é uma forma de democratizar o acesso a Galeria e mostrar ao público trabalhos de artistas novos e consagrados. A Theodoro Braga está em uma fase de efervescência e esperamos que o ano que vem seja melhor ainda”, diz a gerente da galeria Eliane Moura.

Fonte: FCPTN

Exposição “Círio nosso de cada dia” e Lançamento do Edital de pautas 2013 da Galeria Theodoro Braga

Imagem

Na exposição teremos os trabalhos dos artistas Ruma, Jocatos, Keyla Sobral, Joana Sena, Éder Oliveira, Michel Pinho, Irene Almeida, Joyce Nabiça, Evna Moura, Coletivo Câmera Aberta, além da participação mais que especial de Guy Veloso.
Fé: o vetor que une os trabalhos desses artistas, uma potência diferenciada que transcende o registro iconográfico do Círio de Nazaré, se afirma aqui, para além do contexto místico da “maior manifestação religiosa Católica do Brasil e maior evento religioso do mundo, também como uma crença cega no ato criador – a mimese fulcral incutida nos artistas, que promovem o eterno retorno ao mistério da gênese do universo – e que encontra, no cotidiano do norte brasileiro, a brasa renovada de uma vela, que ilumina e revela novas sensibilidades.

Serviço:

Abertura e Lançamento do Edital de pautas 2013: 20/09/2012 19h
Visitação da exposição: de 21/09 a 31/10/2012
de segunda a sexta de 9h30 às 18h

Memória das Exposições da Galeria Theodoro Braga no Facebook

É só clicar na imagem abaixo e conhecer essa interessante iniciativa da equipe da GTB, um exemplo de compartilhamento de memória institucional. Seria bom se todos od museus e espaços culturais fizessem o mesmo, ótimo para pesquisadores e estudantes, e facilitaria em muito para as divulgações e para o portfólio dos artistas. Gostei.

Exposição “Maria do Grão: Imaginário de uma cidade” Galeria Theodoro Braga – Centur

Exposição Maria do Grão – Imaginário de uma Cidade, na Galeria Theodoro Braga, em comemoração aos 395 anos de Belém, com obras do acervo. Visitação de segunda a sexta, das 9h às 18h.

Fonte: Facebook Renato Torres

Exposição “Quando a luz chegar” de Eric Garault – Galeria Theodoro Braga (Centur)

Testemunho fotográfico de Eric Garault sobre o advento da eletricidade no Brasil rural, mostrando retratos, detalhes, paisagens e o interior das casas do Estado do Rio de Janeiro beneficiadas pelo programa do governo brasileiro ‘Luz para todos’.

Produzidas entre 2004 e 2008, as imagens revelam o confronto entre o antes e o depois da eletricidade, mostrando também como esse ‘depois’ aparece nas casas e paisagens, seus sinais de transformação, conforto e progresso enfim alcançados, sem, contudo, deixar de fazer um contraponto com a diversidade rural, enfocando os limites desta nova modernidade e explorando o universo elétrico clandestino nas favelas cariocas.

Mais Informações: 3224-3998

* Visitação de segunda a sexta, de 9h a 15h.

* Coquetel de abertura: 10/12 (quarta-feira) 18h.

Local: Galeria Theodoro Braga – Centur – Av. Gentil Bitencourt 650, Nazaré

Período: 11/12/2010 – 10/01/2011

Horário: 09h00 – 15h00

Preço: Entrada Franca

Fonte: Ecleteca Cultural