No início do Governo atual foi publicada uma agenda mínima que continha a transformação do Soledade em cemitério parque, dois anos se passaram e até agora nada foi feito.

Fórum Landi

Fundado em 1850, o Cemitério da Soledade é considerado um verdadeiro “museu a céu aberto”, devido às suas lápides e mausoléus monumentais. Além disso, o cemitério mantém o registro de 30 anos da história paraense durante o ciclo da borracha. Mesmo com esse valor artístico e histórico, o Soledade levou quase um século para ser tombado como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Segundo a pesquisadora e arquiteta Paula Rodrigues, desde esse período já existem projetos de revitalização e transformação do cemitério: “Belém já esperava isso por muito tempo, principalmente quem trabalha nesse meio, as pessoas da área de patrimônio. O Cemitério da Soledade está bem no centro da cidade, é emblemático, num bairro nobre e muito acionado. Por enquanto, nunca teve nenhuma medida muito eficaz, eram só paliativas, pequenas coisas perto do dia de Finados, mas um projeto completo de restauração e de uso…

Ver o post original 546 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s