Superperformance

O artista Yiftah Peled convidou quatro artistas com atuação em diferentes regiões do Brasil – Yuri Firmeza, Daniela Mattos, Orlando Maneschy e Vitor Cesar – para criar múltiplos (obras com tiragem) projetados para ações de performance, que serão distribuídos gratuitamente para o público.
Com o apoio do Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais 8ª Edição:

SUPERPERFORMANCE

Yuri Firmeza
Daniela Mattos
Orlando Maneschy
Vitor Cesar
curadoria Yiftah Peled

Abertura: 16 de Junho de 2012, a partir das 16H.
Visitação: De 16 de junho até dia 16 de julho de 2012
conversa com o curador e alguns dos artistas participantes no dia 16 de junho, às 16 horas
Local: Ateliê 397, localizado a Rua Wisard, 397, Vila Madalena, em São Paulo, SP Tel: 11-3034213 (tarde).

“Super Performance”é um projeto organizado pelo artista Yiftah Peled que convidou quatro artistas com atuação em diferentes regiões do Brasil – Yuri Firmeza, Daniela Mattos, Orlando Maneschy e Vitor Cesar – para criar múltiplos (obras com tiragem) projetados para ações de performance, que serão distribuídos gratuitamente para o público.

A prática do múltiplo, ou seja, de realizar obras que tenham um larga tiragem, é conhecida desde anos 1960. Nessa época, alguns artistas estavam procurando novas formas de fazer a arte circular, tornando-a mais “pública”, bem como atribuir um acesso mais direto aos objetos, sem precisar das instituições museológicas para creditá-los. Por estar relativamente desvinculada do sistema de compra e venda, esse tipo de arte tinha qualidades mais experimentais, incorporando uma relação com o efêmero e com o processual.

Também nesse mesmo momento, alguns artistas começaram a utilizar instruções especificamente projetadas para a performance de participantes; isso aconteceu principalmente por meio de proposições escritas. Tais proposições operavam um tipo de transferência da performance do artista para o público-leitor das propostas que poderia assumir um papel performático

Parte-se do pressuposto de que São Paulo é uma cidade que tem um circuito comercial fortalecido de arte, mas o consumo da arte contemporânea é limitado a uma parcela muito pequena da população. Sob essa perspectiva, o projeto dirige-se diretamente para o público, dando-lhe uma oportunidade de começar uma coleção de arte.

Sumarizando, a proposta do projeto “Super Perfomance” é pensar o múltiplo ligado à performance no contexto atual, convidando quatro artistas para produzir obras que vão circular pela cidade. Além disso, a proposta de distribuição gratuita de múltipos é pensada como um ponto de expansão expositiva para lugares e contextos diferentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s