Edital de pautas para exposições nos espaços do Sistema Integrado de Museus e Memoriais/Secult

Estão abertas até 29 de Julho as inscrições de pautas de exposições de artistas e curadores para os espaços do SIM. 

SALA GRATULIANO BIBAS / ONZE JANELAS

LABORATÓRIO DAS ARTES / ONZE JANELAS

SALA MANOEL PASTANA / MHEP

GALERIA FIDANZA / MUSEU DE ARTE SACRA

EDITAL DE PAUTA SIM 2012 

NÚMERO DE PUBLICAÇÃO: 355372 

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ 

SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA 

SISTEMA INTEGRADO DE MUSEUS E MEMORIAIS 

EDITAL DE PAUTA SIM 2012 

 Secretaria de Estado de Cultura do Pará- SECULT, através do Sistema Integrado de Museus e Memoriais– SIM, torna público que estarão abertas, até o dia 29.06.2012, as inscrições para EDITAL DE PAUTA SIM 2012 dos museus do SIM:LABORATÓRIO DAS ARTES e SALA GRATULIANO BIBAS do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas-COJAN; SALA MANOEL PASTANA do Museu Histórico do Estado do Pará – MHEP e SALA AUGUSTO FIDANZA do Museu de Arte

Sacra – MAS. 1. DO OBJETIVO 1.1 – Selecionar 16 projetos de artistas visuais e/ou curadores para realização de exposições individuais e/ou coletivas, nos espaços museais do Sistema Integrado de Museus e Memoriais da Secult a saber: 04 projetos para o Laboratório das Artes e 04 para a Sala Gratuliano Bibas do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, 04 projetos para a Galeria Fidanza do Museu de Arte Sacra, 04 projetos para a Sala Manoel Pastana do Museu do Estado do Pará. 1.2. – A divulgação dos selecionados dar-se-á por meio de Portaria, publicada no Diário Oficial do Estado do Pará e nos sites www.pa.gov.br e www.secult.pa.gov.br 1.3. – As exposições deverão contemplar artistas e/ou curadores inscritos em todo o território nacional, cabendo à Comissão de Seleção, em conjunto com o SIM por meio do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, selecionar as propostas inscritas, obedecendo ao seguinte critério: 2. DAS INSCRIÇÕES 2.1. – As inscrições serão gratuitas e estarão abertas no período de 30 de abril a 29 de junho de 2012, após a publicação deste Edital no Diário Oficial do Estado do Pará.

2.2. – Poderão se inscrever artistas e/ou curadores de todo o Brasil;

2.3. – Na hipótese de inscrição de trabalhos em grupo, apenas um membro deverá constar como responsável pela inscrição em que ele será identificado como proponente. Os demais integrantes do grupo deverão preencher o formulário de inscrição como participantes. Caso o grupo seja selecionado, tanto o proponente quanto os participantes deverão firmar o termo previsto no item 8.1 letras “a” e “b”, deste edital.

2.4. – A inscrição deverá ser efetivada no Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, Praça Frei Caetano Brandão s/ no Cidade Velha – CEP:66020-310 ou através do envio do material de inscrição pelos Correios e deverá ser postada até o dia 29 de junho de 2012, considerando-se para esse fim a data registrada no carimbo dos Correios ou serviço de entrega.

2.5. –. Serão desconsideradas as inscrições postadas fora do prazo e aquelas cujo material estiver incompleto.

2.6. – A inscrição deverá ser enviada em envelope com nome completo do profissional e escrito: EDITAL DE PAUTA SIM 2012/Sistema Integrado de Museus e Memoriais. Os dossiês remetidos pelos Correios deverão ser registrados ou, se possível, enviados por Sedex, e incluir um envelope já sobrescrito com o endereço para devolução e com os selos referentes ao valor de carta registrada em anexo.

2.7. – Os artistas e/ou grupos receberão a confirmação de suas inscrições somente via e-mail.

2.8. – Os artistas e/ou curadores poderão inscrever até 3 (três) trabalhos ou projetos que se adeqüem aos espaços museais do SIM, conforme plantas disponíveis no regulamento, sendo que a comissão decidirá qual trabalho será exposto.

2.9. – Os artistas e/ou curadores deverão apresentar suas propostas especificando o espaço que pretendem utilizar (Laboratório das Artes e Sala Gratuliano Bibas do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas,Galeria Fidanza do Museu de Arte Sacra,Sala Manoel Pastana do Museu do Estado do Pará).

2.10. – Para os espaços: Sala Gratuliano Bibas, Galeria Fidanza,Sala Manoel Pastana,não serão aceitos projetos que visem a mudança da cor de suas paredes fixas através do uso de tintas PVA e acrílica, devido as mesmas serem recobertas com tintas especiais visando a preservação da integridade física de suas estruturas. Ficando permitido para os referidos espaços, somente a alteração de cor das divisórias móveis e dos painéis existentes nos mesmos. E qualquer alteração de cor das divisórias e dos painéis o artista ou curador, ao término da exposição, se responsabiliza em devolver a cor original dos painéis. Ressalta-se que o Laboratório das Artes, por seu caráter experimental, permite a alteração de cor de suas paredes fixas. 2.11. – O SIM, através do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas rejeitará as inscrições que não estejam de acordo com os termos deste edital, cuja inscrição implica na automática e plena concordância das normas estabelecidas no mesmo.

2.12. – Os artistas e/ou curadores poderão obter o edital e regulamento com as distintas especificações dos espaços e suas respectivas plantas através do e-mail onzejanelas@gmail.com .

3. DA SELEÇÃO:

3.1. – A seleção dos trabalhos será feita pelo exame de dossiê, em etapa única, por comissão composta por 3 (três) membros, a serem escolhidos pelo Secretário de Estado de Cultura.

3.2. A Comissão se reunirá no Espaço Cultural Casa da Onze Janelas/SIM quando será lavrada a ata da sessão, sendo soberanas as suas decisões de mérito, não cabendo recurso;

3.3. – Caberá à Comissão de Seleção definir o número de exposições em cada espaço conforme o calendário de pautas do regulamento.

3.4. – O dossiê deve obedecer às seguintes especificações: a) – conter fotos, coloridas ou PB ou CDs, ou DVDs, em conjunto com as propostas de desenvolvimento do trabalho. Os artistas e/ou curadores poderão também enviar croquis, plantas impressas, CD, DVD, memoriais descritivos que melhor julgarem para entendimento de suas propostas; b) – indicar em todas as fotos, no verso, o nome do autor e a indicação das medidas das obras. Os CD, DVD e todo o material devem também estar devidamente identificados; c) – o dossiê deve permitir entendimento claro das propostas apresentadas, por meio de texto com especificações de manuseio e montagem; d) – fornecer dados curriculares, restritos a sua formação artística e as suas atividades culturais, com nome e endereço completo, telefone e e-mail; e) – apresentar uma relação com as informações: autor, título, data, técnica ou materiais utilizados, dimensões (medida máxima na vertical x medida máxima na horizontal x profundidade) e outros dados julgados necessários pelo artista ou curador;

3.5 – Todos os artistas e/ou curadores selecionados terão direito a serviços de montagem, convite, coquetel e divulgação da

exposição;

3.6. – A seleção somente será feita por meio das fotos, projetos, CD e DVD, não sendo aceitas obras originais ou maquetes para esta finalidade.

3.7. – Todos os artistas e/ou curadores selecionados serão comunicados logo após a seleção das obras, por e-mail ou telefone e através da publicação no Diário Oficial do Estado.

3.8. – Os dossiês dos artistas e/ou curadores selecionados ficarão sob a guarda do SIM/Espaço Cultural Casa das Onze Janelas.

3.9. – Os artistas e/ou curadores não selecionados deverão receber os projetos pelos Correios, desde que mandem o envelope para devolução com os selos referentes ao valor de carta registrada, anexados separadamente (sem colar). Caso contrário, os dossiês serão mantidos pelo SIM até seis meses após a data de início das inscrições, não se responsabilizando pelos mesmos após este prazo.

4. DAS EXPOSIÇÕES 

4.1. – Caberá ao SIM, de comum acordo com os artistas e/ou curadores selecionados em conjunto com a direção dos espaços museais envolvidos, o plano de execução da montagem das exposições, assim como a adequação do número de obras por artista e/ou grupo e sua disposição nos espaços expositivos (Laboratório das Artes e Sala Gratuliano Bibas do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas ,Galeria Fidanza do Museu de Arte Sacra,Sala Manoel Pastana do Museu do Estado do Pará);

4.2. – As dimensões dos trabalhos deverão levar em conta as proporções dos referidos espaços acima citados. Plantas disponíveis no regulamento impresso e através do e-mail onzejanelas@gmail.com. Os artistas poderão também visitar o espaços museais.

5. DO CALENDÁRIO DE EXPOSIÇÕES 

ESPAÇO CULTURAL CASA DAS ONZE JANELAS Laboratório das Artes

␣ ␣ ␣ ␣ Sala Gratuliano Bibas

12 de setembro a 14 de outubro de 2012

11 de dezembro de 2012 a 13 de janeiro de 2013

05 de fevereiro a 10 de março de 2013

19 de março a 21 de abril de 2013

␣ ␣ ␣ ␣ MUSEU HISTÓRICO DO ESTADO DO PARÁ Sala Manoel Pastana

12 de setembro a 14 de outubro de 2012

11 de dezembro de 2012 a 13 de janeiro de 2013

05 de fevereiro a 10 de março de 2013

19 de março a 21 de abril de 2013

␣ ␣ ␣ ␣ MUSEU DE ARTE SACRA Sala Augusto Fidanza

07 de agosto a 02 de setembro de 2012

06 de setembro a 01 de outubro de 2012

08 de janeiro a 10 de fevereiro de 2013

19 de fevereiro a 24 de março de 2013

␣ ␣ ␣ ␣

6. DO TRANSPORTE 

6.1. –Os trabalhos selecionados deverão chegar ao espaço da exposição com 7 (sete) dias antes da abertura da mesma.

02 de agosto a 02 de setembro de 2012 06 de novembro a 02 de dezembro de 2012 10 de janeiro a 03 de fevereiro de 2013 21 de fevereiro a 24 de março de 2013

6.2. –Os artistas e/ou curadores selecionados deverão retirar seus trabalhos até 05 (cinco) dias após o término da exposição. A não observância deste prazo permitirá ao SIM adotar as providências que melhor lhe aprouver.

6.3. – Os artistas e/ou curadores, que utilizarem transportadora para entrega das obras, deverão apresentar comprovante de contrato da transportadora para a sua devolução após o término da exposição.

6.4. -O SIM não se responsabilizará por eventuais extravios ou danos causados a obra durante o percurso do transporte, cabendo ao artista e/ou curador providenciar o seguro, se for de seu interesse.

7. DA MONTAGEM 

7.1. –Caberá ao SIM a montagem em comum acordo com o artista e/ou curador selecionado, obedecendo ao detalhamento, a ser enviado juntamente com a documentação, o conceito de montagem e o local onde serão apresentados os trabalhos. 7.2. -A montagem será feita com a supervisão e apoio da equipe do SIM juntamente com os artistas e/ou curadores. As obras que não se enquadrarem nos suportes tradicionais serão montadas de acordo com os projetos enviados pelos artistas e/ ou curadores. Trabalhos que exijam instalações e montagens especiais só serão exibidos de acordo com a disponibilidade técnica dos locais ou com instalações e montagens fornecidas pelo artista e/ou curador. 7.3.– Equipamentos especiais necessários à apresentação deverão ser fornecidos pelos artista e/ou curadores.

8. DAS OBRIGAÇÕES DOS ARTISTAS 

8.1. -Cabe aos artistas e/ou curadores selecionados: a) – assinar o Termo de Compromisso da exposição da qual participa; b) – comunicar, por escrito, eventuais mudanças de endereço ao SIM/Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, além de fornecer e-mail atualizado;

c) – entregar, nos prazos estipulados pelo SIM logo após a seleção, o material destinado à produção das peças gráficas (convites) e divulgação, como fotos coloridas ou PB, que garantam melhor reprodutibilidade, com as especificações das fotos que serão destinadas ao convite e a divulgação, acompanhadas de ficha técnica completa (nome, título, técnica, dimensões, ano), currículo resumido, e texto sobre o trabalho que será apresentado;

d) – autorizar por escrito a reprodução do material destinado à produção da peça gráfica para divulgação e promoção do projeto em todo e qualquer veículo de comunicação, bem como autorizar a veiculação de imagens das obras expostas e textos via Internet;

e) – enviar, para as exposições coletivas e/ou individuais, os trabalhos apresentados no dossiê que foram indicados pela Comissão de Seleção, não sendo permitido substituí-los por obras com características diferentes;

f) – pagar as despesas de molduras, embalagem e transporte das obras (ida e volta) e fornecer equipamentos especiais (TV, DVD, datashow, projetores e outros); g) – cumprir os prazos estipulados para a entrega das obras; h) – não retirar seus trabalhos antes do encerramento do evento; i) – usar o recurso do looping, no caso de exibição de DVD, a não ser que a proposta do artista exija forma de apresentação especial e esteja justificada no encaminhamento do projeto.

j) – se responsabilizar por todos os custos, encargos e operacionalização de possível execução do projeto. 8.2. – A inscrição efetuada implica a plena aceitação de todas as condições nos termos deste edital.

9. DAS OBRIGAÇÕES DA SECULT/SIM 

9.1. – Obriga-se o SIM: a) – devolver com frete a pagar as obras dos artistas selecionados residentes fora de Belém, nas mesmas condições de recebimento, ou seja, devidamente identificadas e adequadamente embaladas; b) – imprimir os convites para as exposições no formato cartão postal e em policromia; c) – fornecer o coquetel para as exposições; e) – fornecer serviço de montagem; f) – divulgar as exposições; f) – garantir a segurança das obras durante o período da exposição;

10. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 10.1.- As decisões finais da Comissão de Seleção são irretra- táveis e irrevogáveis. 10..2Os casos omissos e controversos serão resolvidos pelo Secretário de Estado de Cultura.

Belém, 20 de Março de 2012.

PAULO CHAVES FERNANDES 

Secretário de Estado de Cultura

FONTE: IOEPA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s