“A Pele do Invisível” de Pablo Mufarrej e Ricardo Macêdo – Museu de Arte Contemporânea Casa das Onze Janelas [Prêmio SECULT de Artes Visuais]

A pele do invisível

Este trabalho propõe que prestemos atenção ao mínimo, ao ignorado e ao trivial . As pequenas coisas do chão, aos objetos e organismos triviais que compõe nosso dia-a-dia – uma mosca, uma planta, uma pedra, etc. Na busca por uma percepção mais fina do ignorado, no intuito de ir atrás de seus potenciais estéticos, de sua camada latente de poesia, dentro de sua casca embrutecida pela desatenção do cotidiano (pessoas não param mais para contemplar as coisas), os artistas Ricardo Macêdo e Pablo Mufarrej mergulham em um mundo invisível aos olhos para trazê-lo à tona através de pinturas e objetos.

Com este objetivo os artistas esboçam em suas pinturas, desenhos, objetos e vídeo, suas visões sobre essas camadas de vida “insignificantes”. Ampliam em microscópios de varredura eletrônica as camadas de um minério para pintá-lo a partir de uma leitura poética e estetizante.

Os procedimentos técnicos vão desde a ilustração científica e a pintura convencional às experimentações com aquarela, guache, tinta acrílica e vernizes. Incluindo também algumas linguagens como o vídeo e a instalação.


Ricardo Macêdo

 

Os artistas Pablo Mufarrej e Ricardo Macêdo

Pablo Mufarrej – 27 anos

pablomufarrej@gmail.com

Formado em Educação Artística – Habilitação em Artes Plásticas (Universidade Federal do Pará).  Professor desde 2008 da disciplina Artes nas Escolas Dr Carlos Guimarães e Almirante Tamandaré. Foi instrutor de oficinas de nos cursos de xilogravura, serigrafia, desenho e pintura da Fundação Curro Velho (2001 a 2007).

Currículo resumido – principais exposições

 

• Lugar-Comum, Museu de arte de Belém/PA de 11/12/07 à 13/01/2008. Resultado da

Bolsa de Pesquisa, Experimentação e Criação Artística – Instituto de Artes do Pará – 2007.

• Lugar-Comum, FUNCAST, Castanhal /PA – Março e Abril de 2008.

Olhares Cruzados Sobre a Natureza na Gravura Francesa e Brasileira ,Ano da França no Brasil, Museu Casa das 11 janelas , Belém /PA, 2009.

• Arte Pará 2005- Contemporâneo, Museu de Arte do Estado, 2005. (3º Grande Prêmio)

• 3ª Bienal de Gravura de Santo André, Paço Municipal de Santo André – SP, 2005. (artista convidado).

• Evidências, Kunsthans/Wisbaden – Hessen, Alemanha, 2003.

 

Ricardo Macêdo – 35 anos

ipsun@hotmail.com

Formado em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Pará e Design de Interiores pela Escola Técnica Federal. Começou a carreira artística como desenhista e pintor abstrato em 1996. Mas, desde 2004, utiliza-se também de algumas linguagens como: fotografia, performance e vídeo. Suas pesquisas giram em torno dos seguintes temas: identidade, complexidade, história, comunicação e alteridade. É editor do blog novas-medias.blogspot.com.

 

Currículo Resumido – principais exposições

– Salão ARTE PARÁ – Projeto “Relações intercambiáveis”, 2010. – Salão ARTE PARÁ – Projeto “Cafetinagem” com Bruno Cantuária e Luciana Magno, 2010. – Prêmio SECULT de Artes Visuais, com Pablo Muffarrej na Casa das Onze Janelas, 2010. – Prêmio de Artes Visuais Banco da Amazônia, com Bruno Cantuária, 2010. Exposição INDICIAL – Fotografia Contemporânea, SESC Belém, 2010. – Exposição “Espaços Autônomos” no Museu Histórico do Estado do Pará, 2009. – Exposição coletiva “Cartografias Contemporâneas” SESC Santana. São Paulo, 2009.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s