Exposição “Confluências JAPANAMAZÔNIA” – Galeria Fidanza, Museu de Arte Sacra

A escolha da Galeria Fidanza, no Museu de Arte Sacra, pra abrigar o projeto Confluências JAPANAMAZÔNIA  já foi o primeiro acerto, de muitos, desta exposição com  curadoria de Mariano Klautau e Makiko Akoa. A atmosfera do lugar e as possibilidades de iluminação (dedolight e spots) da galeria fornecem um dos melhores espaços da cidade para exposições de fotografia. Confluências… foi idealizado por Makiko Akao, da Kamara Kó Fotografias, e o projeto teve por objetivo “registrar através de imagens a sutileza e a poesia dessa coexistência em diversos municípios do Pará, onde foi detectado que é possível ser brasileiro e ser japonês(…)” e como fotógrafos para este mapeamento Miguel Chikaoka, Paula Sampaio e Alberto Bitar, escolha mais do que acertada por serem artistas que extrapolam o simples registro e adicionam ao branco e preto movimento e emoção. Os textos da exposição que revelam essas memórias Japão/Amazônia foram elaborados por Rose Silveira e, um ponto positivo da exposição, traduzido para o japonês.  A programação visual do designer Gil Yonezawa utilizou, tanto nos impressos como na exposição, utilizou o cinza e o preto, bem pertinentes com as fotografias em b/p, e fazendo um interessante jogo com a tipologia fugiu do clichê (arial, times, tahoma, verdana, garamond) e padronizou todas as peças. A ótima diagramação das fotografias no espaço expositivo teve como ponto final do percurso um mosaico de imagens que remeteu à uma sensação de saudade de um mundo que acabamos de conhecer. O vídeo que compõe a exposição utiliza criativamente a seqüência fotográfica (frames) das imagens selecionadas, e ampliam o objetivo memorialista do projeto e deixam evidente ao público o processo de captura da imagem/momento, árduo e paciente. Confluências JAPANAMAZÔNIA é um projeto artístico e etnográfico que deveria servir de modelo para outras incursões pelo universo cultural e imagético da Amazônia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Exposição Confluências JAPANAMAZÔNIA

Realização Kamara Kó Fotografias

Concepção e Coordenação do Projeto Makiko Akao

Fotografias Alberto Bitar, Miguel Chikaoka e Paula Sampaio

Curadoria Mariano Klautau Filho e Makiko Akao

Tradução Japonês Haroldo Sato e Yuka Amano

Assessoria de Imprensa Suely Nascimento

Programação Visual Gil Yonezawa

Produção Lana Machado e Makiko Akao

Tratamento de Imagens Labtec L@boratório Foto Digit@l

Anúncios

Uma consideração sobre “Exposição “Confluências JAPANAMAZÔNIA” – Galeria Fidanza, Museu de Arte Sacra”

  1. O SER HUMANO JÁ É UM ARTISTA DE NATUREZA, POIS DENTRO DE CADA UM DE NÓS A UMA CAPACIDADE TÃO GRANDE QUE ATÉ , NÃO SABEMOS, MUITOS TALVEZ NÃO SE EXPÕE POR CONDIÇÕES FINANCEIRAS, TALVEZ TENHA QUE OPTAR , A ARRISCAR EM UMA COISA QUE PODE OU NÃO DAR CERTO.
    VOCÊ SABE PORQUE EU FALEI TUDO ISSO? PORQUE SOMOS FILHOS DO MAIOR PINTOR E GRANDIOSO ARTISTA DO MUNDO E NÃO EXISTE OUTRO, AQUELE A QUE NOS ESCULPIU,DEUS, PAI DE JESUS, ESTES SIM SÃO OS NOSSOS VERDADEIROS E ETERNOS MESTRES.

    FELICIDADES,PARA TODOS OS ARTISTAS DO MUNDO ,E PARA AQUELES QUE AINDA VIRÃO. PARA DAR CONTINUIDADE NA ARTE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s