Vídeo-projeto no Museu da UFPA // CRÉDITO N°5 FilmeEmRede // trabalhando para outros //

CRÉDITO N°5
FilmeEmRede // trabalhando para outros //
CRÉDITO N°5, imagens do FilmEmRede, Belém 2010
Um vídeo-projeto do Johannes Burr com a participação de: Jandira das Dores Pantoja, Nilson Max Leal Pantoja, Michel Adriano dos Santos Ferreira, Robert Machado etc.
Exposição no Museu da UFPA
Abertura – 15 de julho 2010 às 19h até as 21 horas
Visitação: 16 de julho a 08 de agosto de 2010
terça a sexta – 9 às 17h / sábados e domingos – 10 às 14h
“Crédito é um direito do ser humano.” Muhammad Yunus, fundador do Banco Grameen und vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 2006
Crédito; do Latim: credere, que significa: confiar , acreditar, ter confiança.
O vídeo-projeto participativo CRÉDITO N°1-7 é um work in progress que se realiza, sempre a convite de uma instituição de arte, em forma de interações e colaborações livres entre diferentes pessoas, de diversas classes e culturas, em vários lugares do mundo. O projeto parte de dois fatos: o primeiro é que cada ser humano precisa, de uma ou de outra forma, de crédito para poder usar suas diversas capacidades. O segundo parte do princípio de que a sociedade está cada vez mais em rede. A colaboração e a cooperação não enriquecem somente cada participante com novas experiências, mas provocam também uma nova definição de autoria, de lucro pessoal e social, de confiança e, portanto, de dinheiro. O projeto CRÉDITO N°1-7 quer, ao mesmo tempo, observar e descobrir sob quais condições surge a arte no dia-a-dia em diversos contextos e redes sociais. O meio de pesquisa é uma mala “de Crédito” contendo uma câmera de vídeo, fitas de vídeo cassete e contratos impressos. Como banqueiro, Johannes Burr, artista realizador do projeto, dá este crédito para um primeiro beneficiado. O combinado é que a pessoa favorecida passe a mala adiante para qualquer pessoa que ele escolher, no mais tardar em 7 dias. Nesse período, ela deverá gravar um vídeo de 30 minutos e cumprir 4 tarefas. Depois de passar pelas mãos de sete pessoas, em sete semanas, a mala voltará ao “banco”, cheia de juros em forma de gravações. O ágio que ela traz não são só as gravações nas fitas de vídeo cassete, que serão reunidas e editadas para um FilmeEmRede, mas são também interações sociais que não teriam ocorrido de outra forma. “O fato que estamos só trabalhando para o dinheiro é uma ilusão. A nossa sociedade funciona com a divisão do trabalho. Somos todos dependentes. Não estamos mais numa sociedade de auto-suficiência. Mas o sistema atual de economia ainda sugere que estamos e, por isso, tende a favorecer o egoísmo e a competição em lugar da cooperação”, conta Johhanes Burr. Até agora foram realizados os filmes N° 1 até 5. No encerramento da cada circulação todos os participantes se reunirão para ver o filme juntos, pela primeira vez. Desde o começo de junho 2010 a mala de crédito esta circulando em varias comunidades de Belém. O resultado desta colaboração com moradores da cidade vai ser apresentada como vídeo-instalação a partir do dia 15 de julho, no Museu da UFPA, em parceria com o VII Congresso Mundial do IDEA 2010. A documentação do projeto será publicada em parceria com a Casa de Estudos Germânicos.
CRÉDITO N°1-7
O projeto CRÉDITO N°1-7 surgiu de um estudo feito por Johannes Burr sobre estratégias alternativas de financiamento para a criação artística. Tem por base a literatura sobre o dinheiro alternativo e as moedas complementares, por exemplo, os livros de Bernard Lietaer, gestor geral do Banco Nacional da Bélgica, ou de Wilhelm Schmundt.
O interesse neste projeto é visualizar algo que normalmente fica invisível por causa do caráter imaterial e abstrato do dinheiro: uma cooperação, um encontro, uma história, um processo social atrás da cada transação econômica. E também por trás das “regras do jogo”, como a definição da moeda, juros positivos ou negativos, sem juros, data da validade, cobertura por tempo ou por moeda oficial; fatores que afetam profundamente os processos sociais.
Sobre Johannes Burr
Nascido em 1972 em Tarasp, na Suíça. Johannes Burr estudou filosofia, história, psicologia e lingüística na Universidade Livre de Berlim. Também realizou estudos de Arte na Universidade das Artes, no Instituto Nacional de Arte Surikov Moscou e no Chelsea College of Art e Design de Londres. Atualmente, é mestrando de Rebecca Horn, em Berlim. Vive e trabalha em Berlim e Basiléia.
Serviço:
CRÉDITO N°5 – FilmeEmRede // trabalhando para outros//
Nome do Artista: Johannes Burr
Participantes do projeto: Jandira das Dores Pantoja, Nilson Max Leal Pantoja, Michel Adriano dos Santos Ferreira, Robert Machado etc.
Dia/hora: Abertura – 15 de julho às 19h até as 21 horas
Visitação: 16 de julho a 08 de agosto de 2010
Horários: terça a sexta – 9 às 17h / sábados e domingos – 10 às 14h
Local: Museu da UFPA – Av. Governador José Malcher – 1192 – Nazaré.
Realização: VII Congresso Mundial da IDEA 2010, Museu da UFPA, Casa de Estudos
Germânicos CEG-UFPA.
Apoio: PRO HELVETIA, Fundação Federal das Artes Suiça, GOETHE-INSTITUT, Salvador- Bahia
Mais informações: Museu da UFPA – 3224-0871
Email: museu-ufpa@ufpa.br

IDEA 2010 team crossing the Guajará Bay (Amazon) from Johannes Burr on Vimeo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s